8 de out. de 2014

Panos


Dentre os panos floridos e sedosos
pendurados na calçada escolho a maciez do algodão.
Na ourela está definido: 100% algodão.
Não gosto dos sintéticos que armam as costuras
e nunca amarrotam.
Minhas linhas e meus panos foram plantados em terra,
o sol e o vento lhes sussurram amores tão puros
que o algodão branco não se ruborizou.
Quero o algodão cru fiado na roca e tramado no tear,
procuro o amor das mãos que tecem o agasalho do filho
e a túnica do marido num gesto diário do tecer
sua aurora e sua Ave-Maria.

Dentre os panos coloridos e sedosos
escolho a maciez do algodão,
a ternura e o afeto unidos nas tramas da simplicidade.


Wania Amarante


Nenhum comentário: